sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Como Poupar Dinheiro em Fraldas

Dicas

Um bebé novo é uma alegria para qualquer família, mas também um forte acréscimo no orçamento mensal, nomeadamente no que toca a fraldas – um número que pode atingir mais de 2700 exemplares, só no primeiro ano! Saiba como poupar dinheiro em fraldas e manter o seu bebé feliz.

1-Antes de comparar preços, saiba qual o preço por fralda, ou seja, perante as diferentes marcas de fraldas por onde tem para escolher, divida o preço do pacote pelo número de unidades que contém. Faça isso para cada embalagem de forma a verificar qual a mais económica. Tenha em atenção o tamanho da embalagem também, por vezes, uma maior compensa.

2-As marcas de fraldas mais conceituadas gastam milhões em publicidade para ganhar a preferência de todas as mães, no entanto, não perde nada em experimentar fraldas de marcas desconhecidas e/ou brancas. Na fase de experimentação, peça a uma amiga para experimentar as fraldas que utiliza ou então compre apenas uma pequena embalagem. Não se esqueça de contabilizar o preço por unidade.

3-Só porque descobriu fraldas mais baratas, não significa que são as melhores – se não servirem bem e proporcionarem pequenas aberturas, vai acabar por gastar mais fraldas e, consequentemente, mais dinheiro. Por outro lado, também não quer optar por fraldas que possam provocar reações alérgicas ao bebé, até porque o que vai poupar em fraldas vai acabar por gastar em cremes ou pior, medicamentos.

4-Em vez de presentes, peça aos amigos e familiares que ofereçam fraldas.

5-Utilizar fraldas de pano em detrimento das fraldas descartáveis – o que para além de permitir poupar dinheiro é um gesto muito ecológico.

6.Mantenha uma tabela de preços relativamente a todas as marcas, preço por unidade, preço normal da embalagem e preço com promoção ou desconto. Esta será a forma mais fácil de analisar todos os custos envolvidos e fazer a escolha mais acertada.

7-Uma vez que estas não têm data de validade, aproveite os talões de promoção e de desconto para fazer stock de fraldas, mas não de uma quantidade tão excessiva que o bebé possa acabar por não utilizar. Tenha em atenção os tamanhos e se encontrar uma boa promoção até para fraldas que o bebé só vai usar daqui a alguns meses, aproveite na mesma.

8-Tenha um grupo de mães/pais com quem possa trocar ou comprar, por um preço menor, fraldas que deixaram de servir aos seus bebés.

9-A deslocação à loja onde encontra as fraldas mais baratas também deve ser tida em conta, ou seja, é longe ou perto de casa? Vai lá muitas vezes ou terá de ir de propósito? No final de contas compensará?


O melhor de tudo mesmo, é utilizar as fraldas reutilizáveis,de váriostons e feitios,óptimas para a sua carteira e o Ambiente agradece!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário